Coisas reais

Já com 20 semanas lembrámo-nos de que em breve teremos de fazer as malinhas da maternidade. Sim, não há pressa, realmente faltam ainda umas semanas, mas implica procurar a roupinha, lavá-la, organizá-la, etc. Na minha primeira gravidez muita gente nos ofereceu roupinha, mas era mais simples, era um bebé de verão. Pouco mais havia mais do que uns bodies e um ou outro vestidinho. Também amigos e familiares nos emprestaram ou ofereceram roupinha dos seus bebés, por coincidência na maioria nascidos na estação quente. A minha primeira gravidez passou o Natal, alguns aniversários e isso fez com que fôssemos recebendo roupinhas e prendinhas de todos. Desta vez decidimos começar a comprar umas pecinhas uma vez que a criança corre o risco de nascer antes do Natal. As ofertas toda a gente chegariam eventualmente demasiado tarde. Como ainda por cima já sabíamos o género do bebé achamos que vinha tudo a calhar.

Concluímos que um bebé de inverno sai, numa primeira fase, mais caro. São mais camadas desta roupa minúscula… Mas foi mais que isso. Lá fomos nós à Primark, esse sítio fabuloso onde pelo preço de 3/4 peças trazemos 23… As coisas nem se estragam com as lavagens, mas mesmo que se estraguem… Nem chegamos a dar por isso porque entretanto as criancinhas crescem e já temos de passar para outro tamanho. Fomos com a MR, claro, do alto dos seus 3 recentes anos, deliciada a comprar roupinha para o bebé.

Foi uma delicia. Quando comprámos roupinha para ela (como disse comprámos pouca), foi muito bom também, mas ficamos os dois a imaginar como seria, o que faríamos, como a vestiríamos, etc. Mas desta vez, já somos 3 no sofá a organizar o enxoval. Então é outra coisa. A MR a abrir pacotinhos de roupa e a perguntar, ‘este é para o bebé da tua barriga, é?’, ‘é meu anjo, é sim’. A separar babygrows de camisolinhas e botinhas. A imaginar agora um bebé já sabendo o que é um bebé e fazendo tudo isso com o entusiasmo daquele primeiro bebé que nasceu e que por milagre agora já tem 3 anos, oficialmente uma menina, e não um bebé.

Para mim serás sempre o meu bebé. Tu e mais qualquer bebé que venha. Depois de separar roupinhas pela primeira vez esta imagem que construímos não se apaga. É a partir daqui que tudo se torna tão real. Olhar para um babygrow e imaginar o corpinho que se vai pôr lá dentro. Saber que este bebé tem um género, uma cara, um tamanho 😊❤️ preparar o enxoval traz fisicamente este bebé até nós. E separar estas roupinhas a 6 mãos, é a cereja no topo do bolo. Daqui a umas 20 semanas, cá te esperamos meu amor, meu bebé.

Anúncios