Ho-ho-ho!!

Felizmente a mastite não se instalou. Passou assim de lado como quem não quer a coisa. E eu aproveitei  a ‘borla’ para pegar na família e ir abastecer-me na promoção dos 50% em talão de enfeites e decoração de Natal da IKEA. Nota de rodapé, a promoção é até dia 2 de Dezembro e as árvores de Natal estão esgotadas em Loures e Alfragide (Matosinhos não sei, não estava muito disposta a fazer a viagem pelo pedacinho de plástico aos raminhos…). Ainda assim, a promoção compensa, acabámos por comprar a árvore no Continente, também com desconto em cartão, e lá nos abastecemos de tudo basicamente, uma vez que é a primeira vez que a família ZÍ decora o seu pinheirinho.

A IKEA está com uns produtinhos lindos, mesmo, pronto, eu confesso, adoro aquela loja e o seu conceito. Mas é que adoro mesmo. Ainda se lembram quando a IKEA vendeu pinheiros de Natal que as pessoas podiam devolver, finda a estação, recebiam um valor por eles e depois a marca responsabilizava-se por plantá-los no seu habitat natural? Tem destas coisas, princípios, valores que é impossível não gostar. É um espaço de boa inspiração a vários níveis, desde mostrar de outras casas/famílias (foi a primeira loja que conheci que mostrou famílias normais em casas normais, mas cheias de graça), a ter um cartão de fidelização chamado ‘família IKEA’, a pensar sempre nas crianças e ter espaços dedicados a elas de qualidade, ao facto de ter uma exposição com os seus produtos para que os possamos experimentar, sem aqueles avisos ‘Não sentar’ quando procuramos um sofá, a ter sempre gente simpática no atendimento, o cafézinho grátis de 2ª a 6ª para membros, até os nomes dos produtos são pensados só para nos divertir (vou comprar uma estante BESTA, um sofá MANSTAD e uma mesinha de apoio LACK- estes nomes são mesmo giros…). Quanto ao decor natalício, tem uns conezitos para pôr doces para os cachopos e pendurar na árvore de Natal, tem uns cavalinhos e ursinhos dourados requintados, umas bolas com padrão verde e vermelho que fizeram as delícias da minha madrinha, a estrela, linda, simples, elegante, nas cores dourado, prata ou vermelho, ainda os cogumelos ou os passarinhos, as cabecinhas de pai natal, um clássico da IKEA, bom, está (bom) demais. Para quem não tem ideias serve também de inspiração, tem bom ar, boa comida e boa onda!

Quando saímos do fraldário com a MR (oh pá, e se não é o fraldário mais giro dos espaços comerciais todos que já vi??) demos de caras com o Pai Natal! Bom, muito por acaso a MR levava um babygrow da Zara Kids todo vermelho que na frente dizia ‘Here comes Santa’. Claro que não resistimos e pimba!, tirámos uma foto com o velho (rapaz) das barbas (universitário). Ainda perguntei, ‘Quanto custa?’ à duende que fotografava os miúdos com o ipad enquanto eles comiam uma bolachinha sueca ao colo do pai Natal. ‘Nada’, retorquiu, ‘Dá-nos o seu e-mail e segue logo a fotografia.’ Hannnn????? A sério? Como é que se pode não gostar da IKEA? Digam-me? Muita gente diz que o barato sai caro, ou que é tudo muito igual, vamos a casa do vizinho e temos a mesma mesa, tapete, quadro, mas sinceramente a isso respondo: 1. a IKEA tem uma variedade imensa de produtos, dos mais baratos aos mais caros, com menor e maior duração, qualidade, etc.; 2. tem imensa variedade no catálogo, muitas vezes as pessoas concentram-se só no que veem de passagem na loja, existe do mais clássico ao mais arrojado, passando pelo descontraído, colorido ou naife; 3. a ideia de irmos todos a uma loja cheia de bons princípios, com receção calorosa, bons produtos, bom design e bons preços parece-me que faz todo o sentido e reforça o sentimento de (boa) pertença a esta família IKEA 🙂

E o quanto gosto desta família sueca? Quando nos casámos uns amigos especiais ofereceram-nos uma peça linda, talvez dos anos 60, um candeeiro magnífico, como novo, em verde e vidro, um artigo cheio de esplendor. Sabendo a minha paixão ‘ikeana’ colocaram o candeeiro numa caixa de transporte IKEA e fizeram uma etiqueta que podia bem ter saído da loja, com aqueles nomes divertidos de produtos e uns desenhos todos naquela onda. Para quem quer divertir-se a valer é espreitar este blog e brincar um bocadinho com os nomes da família. E porque não enviar uns postalinhos de Natal aos amigos&família com uma mensagem codificada? A acompanhar as sugestões de presente da loja, que são muitas, boas e bem interessantes 🙂